News

Grupo paraguaio INPASA confirma investimento de R$ 500 milhões em Sinop

Inpasa instalará no município a maior usina de etanol de milho do país

A Indústria Paraguaya de Alcoholes S.A. (INPASA), uma multinacional de capital aberto, irá instalar em Sinop a maior usina de etanol do país. O investimento foi confirmado pelos diretores da multinacional na manhã desta quinta-feira (9). As obras iniciam em fevereiro de 2018, com previsão do início da operação em 2020.

Na planta industrial serão investidos R$ 500 milhões. Cerca de 3 mil empregos devem ser gerados ao longo da construção. De acordo com o diretor-presidente da INPASA, José Odvar Lopes, a usina é a primeira do grupo e do porte a ser instalada no Brasil. A capacidade de produção será de 1,4 milhão litros de álcool por dia, moendo 3 mil toneladas de milho diariamente e 800 mil toneladas a 1 milhão de toneladas ao ano. A matéria prima para indústria virá de Sinop e também dos municípios circunvizinhos. A multinacional é brasileira e possui capital aberto de vários países, inclusive dos Estados Unidos e conta com investimentos no Paraguai. “Nós fizemos toda uma sondagem de Sinop. Muitas cidades querem nosso investimento, mas Sinop se destacou na logística, crescimento e infraestrutura”, afirmou Lopes.

A usina será construída na região do Alto da Glória, em um terreno de 150 hectares, às margens da rodovia, adquirido pela companhia. “Já conversamos com a Odebrecht para que seja construída uma passarela elevada em frente à escola para garantir a segurança dos alunos. O fluxo de caminhões operando durante o ápice da obra pode chegar até a 300 por dia. Queremos que eles façam a parte deles, mas também precisamos fazer a nossa lição de casa”, pontua a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PR).

A prefeita revela, também, que a luta para a instalação dessa indústria começou há alguns meses quando o secretário de Desenvolvimento Econômico, Daniel Brolese, fez o primeiro contato com os investidores, ainda em fevereiro desse ano.

O Poder Executivo encaminhará, ao Legislativo, projeto de concessão de incentivos aos novos investidores. O grupo também deverá receber incentivos estaduais. O secretário estadual de Desenvolvimento, Carlos Avalone, expôs que houve redução de 25% do ICMS para 7%, tornando a indústria competitiva em relação às indústrias dos outros estados.

Quando estiver em operação, a usina irá absorver uma produção de 1 milhão de tonelas de milho por ano. Na última safra, Mato Grosso colheu 30 milhões de toneladas do cereal.

Além do combustível líquido, a planta industrial também gera o DDG (Grão secos por destilação – em inglês). Serão cerca de 1,5 milhão de toneladas desse produto por ano, o que abre um campo novo para investimentos em pecuária de pequeno e médio porte. O DDG tem alta concentração proteica, sendo amplamente utilizado para criação de suínos e aves. A usina também produzirá cerca de 10,3 mil litros de óleo de milho.

Gigante do álcool de milho

A INPASA é hoje a maior produtora de etanol de milho da América Latina. Localizada no município de Nueva Esperanza no estado de Canindeyú ao leste do Paraguai, a companhia foi fundada em 2006, mas iniciou as suas atividades no final de 2008.

Já em setembro de 2009 atingiu a produção de 4 milhões de litros de etanol por mês, o que foi logo superado pelo excelente desempenho de dezembro do mesmo ano onde ultrapassou a marca de 5 milhões de litros por mês.

Atualmente são produzidos 12 milhões de litros de etanol por mês, a capacidade instalada na destilaria ultrapassa 450 mil litros de etanol por dia e na produção de açúcar cristal a de 750 toneladas por dia, o que equivale a 15 mil sacas de açúcar. Além destes produtos feitos dos cereais e da cana-de-açucar, faz-se também o DDGS ultrapassando os 300 toneladas por dia.

A empresa desde sua fundação encontra-se operando, crescendo e consolidando suas operações, aumentando sua capacidade produtiva com constantes investimentos na fabricação de máquinas, obras civis e culturais. Apesar do seu curto período de operação, a INPASA já conquistou mais de 60% do mercado nacional de etanol, fornecendo para as principais empresas do seguimento: Copetrol, B&R, PETROBRAS, PUMA, ESSO, MONTE ALEGRE, ALCOPAR e outras.

Fonte: Jamerson Miléski

Comentarios

Más popular

Arriba