CDE News

Câmeras flagram 1.200 kg de cocaína sendo embarcados em navio em Santos

As câmeras de segurança do Porto de Santos, no litoral paulista, flagraram traficantes internacionais carregando um navio atracado em um terminal marítimo com mais de 1,2 tonelada de cocaína. Em vistoria, autoridades federais comprovaram que o entorpecente estava a bordo, mas ninguém foi preso.

O embarque aconteceu na madrugada de terça-feira (7) e contou com a ajuda de uma embarcação rápida de alumínio, que navegou pelo Canal do Estuário e se aproximou da lateral do navio. As imagens mostram pessoas a bordo do cargueiro lançando cordas para que malas pretas impermeáveis fossem amarradas e içadas ao convés.

De acordo com o G1, ao menos 19 malas foram colocadas no cargueiro ‘Grimaldi Grande Nigéria’. A embarcação deixaria o porto na tarde de quarta-feira (8), mas foi retida após análise das imagens e acabou sendo liberada à noite.

A Polícia Federal, a Receita Federal e a Guarda Portuária não chegaram a tempo do flagrante para que pudessem deter os envolvidos. Foram realizadas buscas a bordo por quase cinco horas, até a localização das malas escondidas em dois contêineres, que tinham arroz e sucata. A carga seguia para o Porto de Antuérpia, na Bélgica.

Foram apreendidos 1.207,66 kg de cocaína. Uma investigação vai apurar se trabalhadores do porto de Santos ou tripulantes estrangeiros do navio, de bandeira italiana, auxiliaram no içamento e quem estava na pequena embarcação menor, que fugiu após entrega da droga.

Na quarta-feira (8), uma operação paralela no porto de Santos localizou 558 kg de cocaína escondidos em um meio a uma carga de polietileno, também com destino à Antuérpia.

Um balanço divulgado pela Alfândega do Porto de Santos revela que, desde o início do ano, pelo menos 12.195 kg de cocaína foram interceptados no local e impedidos de serem enviados para a Europa. A quantidade registrada até o mês de agosto já é um recorde histórico, superando as apreensões de todo o ano de 2017 (11.539 kg) e 2016 (10.622 kg).

Comentarios

Más popular

Hasta arriba