Conectate con nosotros

Foz de Iguazú

CARREATA. Manifestação pedirá reabertura das fronteiras com Paraguai e Argentina

Publicado

en

Organizadores pedem que os governos do Brasil e Paraguai estabeleçam um plano de abertura inteligente da fronteira.

Uma manifestação marcada para ocorrer nesta quarta-feira (20) pedirá a reabertura das fronteiras do Brasil com Paraguai e Argentina. Ambas estão fechadas há dois meses para conter o avanço da Covid-19.

Os organizadores pedem que os governos do Paraguai e do Brasil estabeleçam um plano de abertura inteligente com todos os protocolos sanitários, medida que já foi realizada com sucesso em outros países.

O ponto de encontro da manifestação será na Rua Osvaldo Cruz, próximo a Aduana da Ponte Internacional da Amizade, na Vila Portes. O protesto será realizado em carreata a partir das 09 horas e percorrerá a região da Ponte, BR-277 e Avenida JK.

De acordo com a organização, a mobilização deve acontecer ao mesmo tempo em Foz do Iguaçu, Ciudad Del Este e Puerto Iguazú. O protesto vai pedir a reabertura da Ponte Internacional da Amizade e Tancredo Neves.

Em ofício encaminhado para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta segunda-feira (18), empresários, mototaxistas, taxistas, profissionais do turismo e trabalhadores da Vila Portes, dizem que foram diretamente afetados com o fechamento das fronteiras.

De acordo com o comunicado, a manifestação ocorrerá de forma pacífica e sem bandeira política ou partidária. E reunirá apenas cidadãos que estão sofrendo com a falta de sensibilidade dos governos quanto à economia da fronteira.https://foz.portaldacidade.com/

================================================================

COVID-19

Raio X: veja os números atualizados do coronavírus na Tríplice Fronteira

Confira a quantidade de casos confirmados nas cidades do Brasil, Paraguai e Argentina na região trinacional.

Postado em 19/05/2020 | Atualizado hoje às 00:51

As fronteiras estão fechadas desde a segunda quinzena de março, mas, por diferentes caminhos, o novo coronavírus já está presente nos três lados da região trinacional composta por Brasil, Paraguai e Argentina.

Para efeitos de recorte, foram consideradas, na análise abaixo, os números dos boletins de sexta-feira e sábado (16) emitidos pelas secretarias municipais de Saúde de Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu, pelo Ministério de Saúde Pública e Bem-Estar Social do Paraguai e pelo Ministério da Saúde da Província de Misiones.

A análise está limitada aos municípios situados no raio de no máximo 30 quilômetros das pontes internacionais da Amizade (Brasil/Paraguai) e Tancredo Neves (Brasil/Argentina).

Brasil – 86 Casos:

Foz do Iguaçu:

– 77 casos, 56 recuperados, 2 mortes

Santa Terezinha de Itaipu:

– 9 casos, 4 recuperados, 1 óbito em investigação

A área da 9ª Regional de Saúde, que compreende outros sete municípios, tinha, até sexta-feira, 103 casos confirmados, incluindo ocorrências em São Miguel do Iguaçu (2), Medianeira (15) e Ramilândia (1).

Paraguai – 89 casos:

Ciudad del Este:

– 63 casos

Hernandarias:

– 11 casos

Presidente Franco:

– 8 casos, 1 morte

Minga Guazú:

– 7 casos

O departamento do Alto Paraná, cuja capital é Ciudad del Este, tinha, na sexta, 98 casos, incluindo ocorrências em Juan O’Leary (5), Santa Rita (1), Naranjal (1), Itakyry (1) e Santa Fe del Paraná (1).

O número de recuperados não estava disponível, mas a cifra deve ser pequena, tendo em vista que a maior parte dos casos refere-se a paraguaios que voltaram do Brasil, via Ponte da Amizade, ao longo do mês de maio.

Argentina – 4 Casos:

Puerto Iguazú:

– 4 casos, 4 recuperados

A província de Misiones, onde está Puerto Iguazú, tem 25 casos confirmados e uma morte, a de um caminhoneiro que residia na cidade de San Vicente e se contaminou durante viagem ao Brasil.

Resumo da Região Trinacional:

– 179 casos, pelo menos 64 recuperados, 3 mortes confirmadas e uma em investigação.

Fonte: Portal da Cidade com RCI

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Recientes

Facebook

Tendencias