Conectate con nosotros

Foz de Iguazú

Descoberta nova variante da Covid. Chama-se Orthrus e manifesta-se assim

Publicado

en

Há uma nova estirpe de Covid-19 está preocupando as autoridades de saúde. A CH.1.1, apelidada de Orthrus, foi detectada no Reino Unido, segundo a Agência de Vigilância Sanitária do país.

Segundo o Wellcome Sanger Institute,  já representa 23,3% de todos os casos de coronavírus registrados em território britânico e é responsável por 100% dos testes positivos em, pelo menos, 15 distritos.

O nome – Orthrus – faz referência a uma figura da mitologia grega: um cão de duas cabeças com rabo de serpente. O animal possui um irmão, o Cérbero, com uma cabeça a mais, e é conhecido por proteger os portões do inferno. Apesar do nome, ainda é cedo para dizer se a nova variante pode provocar casos mais graves da doença ou escapar da imunidade conferida pelas vacinas bivalentes.

Ainda assim, sabe-se que tem uma mutação chamada P681R, parecida à da variante Delta. Como tal, os cientistas julgam que esta nova variante pode aumentar os casos graves de doença.

A variante contém também uma mutação no gene R346T, que ajuda a combater os anticorpos criados em resposta à vacina ou a infecção anterior.

Quanto a sintomas, dados recolhidos pelo projeto ZOE Health Study mostram que dor de cabeça e de garganta, corrimento nasal, fadiga (leve ou grave) e espirros são os mais comuns.

Citada pela imprensa norte-americana, Allison Arwady, do Departamento de Saúde Pública de Chicago, nos Estados Unidos, acrescenta que tosse e congestão nasal também são sinais de alerta.

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Tendencias