Conectate con nosotros

Foz de Iguazú

Instituto lança plataforma com dados e estudos sobre as fronteiras

Publicado

en

Conhecido pela organização de seminários, cursos e estudos sobre as áreas fronteiriças do Brasil, o Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF), com sede em Foz do Iguaçu, lançou nesta semana uma plataforma on-line para facilitar o acesso aos dados de seus trabalhos e celebrar o oitavo aniversário da organização.

O material está publicado no endereço https://bit.ly/3xrlF7V e contém informações sobre os 588 municípios localizados nas fronteiras brasileiras, em campos como saúde, segurança, educação e perfil socioeconômico. O instituto disponibiliza em seu site, também, pesquisas acerca de assuntos como contrabando, telecomunicações e defensivos agrícolas.

“O debate sobre o tema das fronteiras é crucial para que se possa entender o fenômeno e contribuir para o desenvolvimento sustentável não só das economias, mas também das sociedades que vivem nestas regiões”, afirma o presidente do IDESF, Luciano Stremel Barros, em material distribuído à imprensa.

Imagem: Reprodução.

Os dados compilados pelo IDESF são encaminhados aos órgãos municipais, estaduais e federais, para que sirvam como subsídio para o desenvolvimento de políticas públicas. O próximo estudo, com data de lançamento prevista para a semana que vem, tem como foco o mercado ilegal de agroquímicos e as rotas utilizadas para entrada no país.

As fronteiras do Brasil com seus dez vizinhos de continente têm 16,8 mil quilômetros de extensão e passam por 11 estados da federação, em área habitada por cerca de 12 milhões de brasileiros. Foz do Iguaçu, cidade mais populosa, concentra os principais pontos de circulação de pessoas e mercadorias.

Guilherme Wojciechowski – H2FOZ

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Tendencias