Conectate con nosotros

Notas

Fez compras? Aprenda como higienizar alimentos e evitar o coronavírus

Publicado

en

Embalagens, frutas e legumes podem estar contaminados nas prateleiras dos mercados. Especialista comenta sobre a importância de adquirir novos hábitos para combater o vírus.

Com a pandemia do novo coronavírus, incorporar novos hábitos se tornou fundamental no dia a dia dos brasileiros. Apenas usar máscaras e lavar as mãos ou higienizá-las com álcool gel não é suficiente para se manter seguro contra a COVID-19. Mesmo com o isolamento, alimentos ou objetos externos podem ser responsáveis pela contaminação ao entrar pela porta de casa. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o novo coronavírus é sensível às temperaturas normalmente utilizadas para cozimento dos alimentos (em torno de 70º), mas quais as medidas adequadas para manipular e higienizar corretamente os alimentos comprados nos mercados?

Para a professora de Nutrição do Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, Bruna Magusso, ao chegar das compras, a primeira atitude é lavar as mãos com água e sabão e higienizar as superfícies onde serão manipulados ou guardados os alimentos, como: bancada, pia e despensa.

As superfícies e utensílios que entram em contato com os alimentos devem estar limpos com saneantes, produtos de limpeza regularizados na Anvisa. Os produtos embalados adquiridos no supermercado, como os industrializados ou não-perecíveis devem ser higienizados com álcool 70%. As sacolas plásticas ou caixas do supermercado devem ser descartadas”, indica.  

Além das compras de mercado, a recomendação também vale para a modalidade delivery, que envolve o manuseio de embalagens e superfícies que podem auxiliar no contágio do coronavírus.

 A professora esclarece que as pesquisas realizadas ainda não encontraram indícios de transmissão do Covid-19 via alimentos, mas, por ser um vírus novo, a precaução é imprescindível. Quem prepara os alimentos deve lavar as mãos com frequência, com água e sabão, não esquecendo de incluir as pontas e as regiões entre os dedos, além dos punhos.

“É importante manter as unhas curtas, sem esmaltes e não utilizar adornos que possam acumular sujeiras e microrganismos, como anéis, aliança e relógio. Além disso, não falar ou assoviar em cima dos alimentos, superfícies ou utensílios utilizados no preparo do alimento”, aponta.

Para hortaliças, frutas, verduras e legumes, a higiene pode ser feita com água corrente e colocá-los imersos em uma solução com sanitizante água sanitária (uma colher de sopa para um litro de água, respeitando a proporção de 1 por 1, em caso de quantidade maior), durante 15 minutos.

Após esse tempo, lavar novamente em água corrente e deixar secar naturalmente. “Essas as práticas de limpeza auxiliam na prevenção da transmissão de outras doenças que têm origem alimentar, conhecidamente causadas também por vírus, bactérias e fungos”, complementa Bruna.

Bruna reforça que o Ministério da Saúde também orienta não compartilhar itens como pratos, copos e talheres: “Cuidados com a higienização são necessários sempre, independente da pandemia, precisamos ter uma manipulação criteriosa”, enfatiza a nutricionista. 

Confira a higienização adequada para cada grupo alimentar para evitar a contaminação:

Tipos de alimentosHigienização
 Embalados (industrializados, não-perecíveis, entre outros)  Álcool 70%
Frutas, hortaliças e verdurasSanitizante (água sanitária para alimentos, regularizada pela Anvisa) – 1 colher de sopa para 1 litro de água por 15 minutos

O iPhone SE foi projetado para que você possa tirar proveito dos novos recursos e dos que estão por vir. Comece a usar o modo Escuro, os Atalhos da Siri e o novo aplicativo Fotos agora, não perca futuras atualizações de segurança e recursos. Seu iPhone será ainda mais rápido e fácil de usar! ???

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Facebook

Tendencias