Conectate con nosotros

Notas

Recorde: preço da soja chega a R$ 105 no Brasil impulsionado pelo dólar

Publicado

en

De acordo com a consultoria Safras, o dólar batendo recordes e a Bolsa de Chicago em alta durante boa parte do dia sustentaram as cotações domésticas.

O preço da soja no porto de Rio Grande (RS) subiu R$ 1 nesta quinta-feira, 23, e chegou a R$ 105, de acordo com levantamento da consultoria Safras. A empresa afirma que, no geral, o mercado brasileiro registrou forte movimentação, com preços firmes.

Além do dólar comercial ter batido novo recorde, superando R$ 5,52, durante parte do dia, o movimento também foi sustentado pela Bolsa de Chicago, que chegou a operar com alta de 1%, cedendo na parte final do dia.

Consultas feitas pela Safras junto às principais praças de comercialização do país indicam que ao menos 500 mil toneladas trocaram de mãos.  “Os destaques foram: Paraná, com 200 mil toneladas, Mato Grosso e Rio Grande do Sul, com 100 mil toneladas cada”, informa.

Veja as cotações da soja

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 98,50 para R$ 100. Na região das Missões, a cotação avançou de R$ 98 para R$ 99,50. No porto de Rio Grande, o preço pulou de R$ 104 para R$ 105.

Em Cascavel (PR), o preço passou de R$ 95 para R$ 97 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca aumentou de R$ 103 para R$ 104,50.

Em Rondonópolis (MT), a saca subiu de R$ 92 para R$ 94. Em Dourados (MS), a cotação avançou de R$ 85 para R$ 87. Em Rio Verde (GO), a saca passou de R$ 90 para R$ 90,50.

Contratos futuros

A soja fechou esta quinta-feira com preços mistos na Bolsa de Chicago. De acordo com a consultoria safras, em dia de muita volatilidade, as primeiras posições foram sustentadas pela demanda chinesa, mas encerraram bem abaixo das máximas do dia. “As mais distantes sentiram o impacto do fraco resultado das exportações semanais americanas e dos temores em torno do impacto do coronavírus sobre a economia”, completa.

Nos últimos dois dias, a China comprou 470 mil toneladas de soja nos EUA: 198 mil na quarta e mais 272 mil nesta quinta, conforme dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Os contratos da soja em grão com entrega em maio fecharam com alta de 4,50 centavos ou 0,53% em relação ao fechamento anterior, a US$ 8,39 por bushel. A posição julho teve cotação de US$ 8,46 por bushel, com ganho de 4,25 centavos ou 0,5%.

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Facebook

Tendencias