Conectate con nosotros

Notas

Soja quebra todos os recordes no Brasil e supera os R$ 110 no sobre rodas Paranaguá para agosto

Publicado

en

Como não poderia deixar de ser, os preços da soja quebraram todos os recordes nesta sexta-feira (24) e superou os R$ 110,00 por saca na referência chamada sobre rodas para agosto de 2020. Nos melhores  momentos do dia, os indicativos chegaram aos R$ 112,50 com pagamento para 1º de setembro, segundo informações da Agrinvest Commodities. 

«A referência do sobre rodas em Paranaguá torna-se realidade e já é comercializada acima dos R$110/saca para agosto deste ano. A alta do dólar e dos prêmios foram os principais fatores para a forte alta da oleaginosa no mercado brasileiro», explicou o analista da Agrinvest, Marcos Araújo.

A moeda norte-americana renovou suas máximas nesta sexta-feira, chegando a testar níveis acima de R$ 5,70 ao longo do dia. A saída de Sérgio Moro do Ministério da Agricultura foi anunciada hoje pelo próprio e serviu como combustível para a escalada da moeda norte-americana, que já vinha subindo. 

A conturbada cena política já vinha ampliando o espaço para tal valorização do dólar  cena intensa e conturbada da política brasileira e que agora se agravou ainda mais. 

O momentou intensificou ainda o ritmo das vendas de soja aqui no Brasil, tanto da safra 2019/20, quanto da 2020/21. Dessa forma, parte das baixas observadas na Bolsa de Chicago no pregão desta sexta-feira, que terminou com perdas de pouco mais de 6 pontos entre os principais vencimentos. 

A alta do dólar fortalece ainda mais a competitividada da soja brasileira e atrais os importadores pela vantagem cambial. Além disso, a qualidade melhor do produto brasileiro é mais mais um diferencial frente aos demais concorrentes. 

Esse protagonismo da soja do Brasil acabou ganhando mais espaço do que mais compras que a China fez nos EUA nesta sexta. O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) anunciou novas vendas de soja para a China nesta sexta-feira (24) de 136 mil toneladas. 

O volume é todo da safra 2019/20 e este é o terceiro anúncio do departamento nesta semana e o total das compras da nação asiática chega a 606 mil toneladas. 

Ainda nesta sexta-feira, o USDA trouxe vendas de soja também para o México de 125 mil toneladas, sendo 39 mil da safra 2019/20 e 86 mil da safra 2020/21. Os mexicanos compraram ainda 589,395 mil toneladas de milho dos EUA, sendo 369,9 mil toneladas da atual temporada e 219,795 mil da nova. noticiasagricolas.com.br/

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Facebook

Tendencias