Conectate con nosotros

Notas

Zuckerberg finalmente se pronuncia sobre escândalo e admite erros

Publicado

en

fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, finalmente quebrou o silêncio nesta quarta-feira (21), quatro dias após o escândalo sobre o uso indevido de dados de 50 milhões de usuários da rede social vir à tona. Em publicação no Facebook, o CEO admitiu erros e disse que a companhia vai tomar providências.

Zuckerberg disse que o Facebook tem a missão de proteger os dados dos usuários e «se não podemos, então não merecemos ter você». Segundo o executivo, algumas ações sobre o caso foram tomadas ainda em 2014, no entanto, a rede social ainda precisa «fazer mais». Naquele ano, os dados violados foram utilizados pela consultoria política Cambridge Analytica para beneficiar a campanha do então candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump.

Segundo a publicação do CEO, o Facebook está tomando as providências necessárias. Entre as medidas anunciadas, Zuckerberg disse que vai restringir o acesso de dados por parte de desenvolvedores com o objetivo de diminuir abusos.

No final do relato, Zuckerberg assume responsabilidade sobre o caso. «Eu comecei o Facebook, e no final do dia sou responsável pelo que acontece na nossa plataforma. Estou falando sério sobre fazer o que é preciso para proteger nossa comunidade. Embora essa questão específica envolvendo o Cambridge Analytica não deva mais acontecer com novos aplicativos hoje, isso não muda o que aconteceu no passado. Vamos aprender com essa experiência para proteger ainda mais nossa plataforma e tornar nossa comunidade mais segura».

Confira o texto completo do CEO:

Sigue leyendo
Anuncio
Anuncio
Anuncio

Facebook

Tendencias